Se você tivesse de responder com sinceridade, diria que busca proteger sua família ou que não se importa muito com isso?

Pois veja bem: se você é do time dos que protegem a família acima de tudo, essa leitura é para você! Neste conteúdo vamos falar sobre como você pode manter sua família sempre protegida com a ajuda de um plano funeral.

A contratação de planos funerais já funciona há muito tempo em países desenvolvidos. Enquanto isso, o Brasil também vai se encaminhando para essa nova popularização. Tornando comum essa ideia tão prática para o cuidado da família, a adesão a planos funerais é uma atitude que vem ganhando um crescimento muito rápido por aqui. Vamos entender melhor?

As vantagens do plano funeral

Primeiro de tudo, é importante salientar que um plano funeral não se trata de falar sobre morte. Ele é sobre prevenção, tranquilidade, proteção e dignidade. A contratação de um plano funeral representa, acima de tudo, o cuidado que você tem com a sua família.

Abaixo, listamos algumas das principais vantagens para que você entenda melhor:

Planejamento financeiro

Quem gerencia uma família sabe que tudo envolve planejamento financeiro. Saber quanto se gasta, quando será possível tirar férias em família, o momento certo para trocar de carro, a compra de novos móveis, e por aí vai.

Neste mesmo sentido, um óbito na família representa um gasto excessivo. É por isso que você deve planejá-lo, assim como você faz com o restante de seus gastos. Optando pela contratação de um plano funeral, você pode ajustar as parcelas e os serviços de acordo com o que você pode pagar e, assim, nunca ser pego desprevenido.

Fazer as escolhas corretas

Em uma situação de estresse, tal como um óbito na família, a capacidade cognitiva de uma pessoa opera até 80% abaixo da capacidade total. É exatamente por isso que, muitas vezes, a família não toma as melhores decisões.

O plano funeral oferece a oportunidade de você avaliar bem as escolhas que tem. Assim você pode optar pelo que faz mais sentido no âmbito financeiro, o que atende melhor as necessidades de sua família, o que está mais de acordo com as suas crenças, e assim por diante.

Permite as melhores homenagens

Com a contratação de um plano funeral, você traz à tona um assunto pouco debatido: a experiência da perda de alguém. Isso vai permitir você a pensar não na morte, propriamente dita, mas em como você pode encará-la e em como você pode dignificar uma pessoa que você ama.

Ou, além disso, você vai poder pensar em como você mesmo gostaria de ser lembrado. Quais homenagens gostaria de receber? Como você gostaria que a sua família celebrasse a sua vida, a sua existência?

Esses questionamentos vão abrir espaço para você elaborar as melhores homenagens. Você estará apto a pensar sobre como melhor poderia representar a si mesmo e àqueles que partiram. Afinal de contas, todos querem ser lembrados e o funeral será o último momento para você honrar essa lembrança.

Livra a família toda da burocracia de um funeral

Você já passou pela experiência de organizar um funeral? A questão do óbito levanta uma quantidade inimaginável de decisões a serem feitas, especialmente em se tratando da parte burocrática. Algumas são:

  • Questões ligadas diretamente ao funeral, como as que já citamos acima: o pagamento, as homenagens, a forma de sepultamento ou cremação;
  • Qual será o local escolhido para a despedida;
  • Os avisos referentes ao falecimento, que devem ser feitos aos amigos e parentes;
  • Divisão de bens, caso existam;
  • Elaboração de documentos;
  • Registro do óbito;
  • Entre outras;

Proteger a família também é resolver certas questões com antecedência. Fazendo com que as partes tanto práticas quanto burocráticas de um funeral já fiquem acertadas no momento da contratação, você irá permitir que a família toda passe pelo luto de forma mais plena e honrosa.

Permite a elaboração do luto

A perda em si já traz um abalo inigualável. Ter de deixar a vivência do luto de lado, para resolver problemas, irá complicar o entendimento dessa perda lá na frente. O luto é um momento que precisa ser vivido. Ele é essencial para que você entenda e supere a perda de alguém.

A vivência do luto não é um evento que pode ser adiado. Caso ele seja abafado para que se vivam outros sentimentos, o luto irá retornar no futuro, potencialmente mais forte por não ter sido vivido e tratado no momento correto.

Além do mais, o funeral será sua última chance de estar na presença física da pessoa que se foi. Você precisa dedicar esse tempo a ela e a sua família.

Solução crescente no país

Como citamos lá no início desse texto, a adesão a planos funerais vem crescendo gradativamente aqui no Brasil. Ainda que não sejamos o país mais pronto a conversar sobre a morte, é de extrema importância que o brasileiro esteja, de certa forma, cada vez mais disposto a proteger a sua família de muitas das problemáticas que a morte traz.

O assunto morte é uma pauta muito presente no cotidiano do estadunidense há décadas. Nessa cultura, as pessoas conversam sobre morte. É por isso que os funerais americanos parecem tanto ser mais calmos e elaborados. O americano, há muito tempo, contrata o plano funeral junto de seu plano de saúde. No momento da despedida, ele celebra a vida do seu ente querido e faz dessa ocasião um momento honroso e de reverência ao falecido.

No Brasil, estamos inserindo este assunto de pouco em pouco nas rodas de conversa. No entanto, essa atitude já vem surtindo efeitos. O brasileiro tem, ano após ano, planejado melhor o momento da perda.

E você, já aderiu à contratação de um plano funeral? Elaboramos um e-book para você saber tudo (tudo mesmo!) o que você precisa saber antes de contratar um plano funeral. Para acessar o material, basta clicar aqui!