Com a chegada do ano novo, as pessoas tendem a se planejar mais. Parece bastante supersticioso, mas a verdade é que, neste período, há muito a sensação de que essa é uma nova oportunidade para fazer as coisas do jeito certo.

O novo plano de vida precisa ser bem feito para dar resultado. Se estiver ligado a algum custo, como aquela viagem tão sonhada, um curso ou algum investimento especial, só vai funcionar se estiver alinhado com o planejamento financeiro.

Comece por aqui:

  • faça um mural dos sonhos, coloque no papel como você se imagina em um ano. A sugestão é recortar em revistas e colar em um papel símbolos dos sonhos da família para que essa imagem motive a todos;
  • trace a trajetória real para chegar até esse objetivo (passo a passo);
  • organize suas finanças;
  • faça um acompanhamento mensal da sua performance em direção ao alvo.

Agora, vamos falar um pouquinho mais sobre o que você não pode deixar de fora no seu planejamento. Vamos lá? Esperamos que este conteúdo funcione como um guia para você organizar o seu próprio planejamento financeiro!

Por que as pessoas fazem promessas?

Você, com toda a certeza, já ouviu a frase “ano novo, vida nova”. Não ouviu? Pois bem: a ideia de que as energias e a motivação se renovam com a chegada de um novo ano é muito forte.

Realmente, um ciclo chega ao fim e começa outro. Um início sempre traz a chance de realizar o que não foi feito no passado ou endireitar os passos errados.

Muitas dessas coisas dependem de um planejamento financeiro muito bem fundamentado. Este quesito veremos no próximo tópico, acompanhe!

Como fazer e o que incluir no planejamento financeiro?

Primeiro de tudo, liste os gastos mensais que você já tem e as dívidas que já fez. A partir disso, analise qual é a quantia em dinheiro que você poderá investir em seu plano para o ano. Vale cortar gastos secundários para priorizar o que é mais importante.

Para isso, pense nas necessidades da sua família e entenda o que trará mais resultado para todos.

Muitas pessoas esquecem de gastos que surgem durante o ano. Para agirmos com prevenção, lembramos de alguns pontos importantes:

Plano de Saúde

Ninguém escolhe quando irá ficar doente, da mesma forma como ninguém opta por ficar doente. Mas acontece. E tratamentos de saúde podem gerar despesas inimagináveis.

As consultas, os exames e os medicamentos são todos itens muito caros. Muitas pessoas preferem ter reservas de emergência para custos com saúde, mas a verdade é que nunca sabemos o quanto será gasto.

Investir em um plano de saúde familiar pode ser bastante útil em um momento de necessidade. Os preços e condições de pagamento que você encontra por meio do convênio são, muitas vezes, menos da metade do valor das contratações particulares. Além disso, muitos planos garantem descontos em farmácias, clínicas e óticas, o que você também não conseguiria sem o convênio.

A grande vantagem do plano de saúde é que você pode sempre escolher uma categoria que contemple a sua família e que tenha uma parcela que caiba no seu orçamento. E se o contrato cobrir um plano odontológico, melhor ainda! É muito mais fácil pagar uma parcela fixa mensal, do que correr o risco de nunca conseguir quitar as faturas médicas, não é?

Além disso, depois que o atendimento ocorre, você pode parcelar as suas dívidas. Dessa maneira, você segue com a quitação de débitos conforme o seu orçamento.

Plano funeral

Como mencionamos no tópico sobre plano de saúde, a morte também é imprevisível e inevitável. O brasileiro, de acordo com uma pesquisa, não está preparado para lidar com a morte. Por isso, é possível que você não saiba que um funeral simples pode custar mais de R$ 10 mil reais.

Ninguém está preparado para gastar R$ 10 mil reais, ainda mais em um momento tão delicado quanto a perda de um ente querido. No mesmo caso do plano de saúde, é indicado você optar por um plano que cubra todas as demandas da sua família e que caiba no orçamento.

Com isso, você ajusta as necessidades da sua família por um preço fixo mensal e não passa por surpresas em uma ocasião difícil. Além disso, você garante auxílio profissional para os trâmites burocráticos de um falecimento.
A contratação antecipada também permite que você escolha detalhes, já que ela ocorrerá em um momento em que você estará disposto a pensar sobre o tema. Sob estresse, o cérebro não opera tão racionalmente como de costume.

Essa situação pode propiciar que você faça escolhas não tão acertadas quanto gostaria para a ocasião. Além de, claro, envolver todas as questões financeiras, que, muitas vezes, põem à prova a confiabilidade da empresa escolhida. De maneira antecipada, você pode avaliar o histórico da empresa e estudar sobre ela.

Felizmente, essa é uma prática que vem ganhando ascensão, já que as famílias têm entendido, cada vez mais, a importância da prevenção.

Seguro de bens

Esse é mais um daqueles serviços que você não pretende usar nunca, mas que a possibilidade é sempre imprevisível. Você não deseja que sua casa sofra as consequências de um desastre natural, ou que algum outro motorista bata contra o seu carro. Mas ambas as ocorrências estão sujeitas a acontecer a qualquer momento. As despesas com ambas as ocasiões também podem ser incalculáveis, dependendo da gravidade.

Prevenir-se contra acidentes, tornando seus bens assegurados por uma empresa de confiança, vai oferecer muita tranquilidade à sua família.

Pacotes de viagem

Muitas das resoluções de ano novo incluem viagens com a família. O erro de grande parte das pessoas que planejam viajar é não considerar outros gastos com viagem. Você pode até juntar dinheiro para pagar as passagens e a hospedagem, mas muitos não consideram fatores como a alimentação durante esse período, por exemplo.
Caso você for visitar uma cidade turística, pode ter certeza de que os restaurantes vão aproveitar esse fato.

Contratando pacotes de viagem, você pode estudar a contratação de um serviço de hotel que já inclua a alimentação. Se o seu objetivo é gastar o mínimo possível de dinheiro e fazer uma programação bem legal, talvez essa seja a solução.

Além disso, não haverá surpresas na hora de se divertir. Sua reserva estará garantida e as parcelas estarão bem definidas e dentro do seu orçamento. Você também terá tempo de ler o contrato e analisar bem o que a sua contratação inclui. Dessa forma, nenhum gasto será desavisado.

Gastos extras

Não esqueça de incluir os gastos com educação, previdência, gás, diversão e lazer, reserva para manutenção do carro, aniversários, roupas, IPVA, IPTU, datas comemorativas como Páscoa e Natal, por exemplo.

Neste texto selecionamos quatro principais itens que devem ter a sua atenção ao se planejar financeiramente. Mas existem vários outros, conforme as necessidades de cada família. Você tem alguma sugestão? Pode deixar aqui abaixo, nos comentários!

Aliás, fique à vontade para conhecer algumas formas de fazer com que todas as suas promessas de ano novo se concretizem acessando este conteúdo.