O falecimento de alguém querido é um momento muito delicado para a família. Esta é uma hora em que os familiares vivem várias emoções. É aqui que o luto começa a ser vivenciado. Em contrapartida, um funeral também é um momento decisivo, onde quem está encarregado de organiza-lo terá de tomar dezenas de decisões.

Um estudo elaborado pelo Sindicato dos Cemitérios e Crematórios Particulares do Brasil (Sincep) aponta que são mais de 70 decisões a serem tomadas no momento de um óbito. Essas são decisões que vão de questões simples, como “qual roupa colocar no falecido?”, até decisões muito importantes e complexas como “faremos cremação ou sepultamento?”.

Aqui neste texto trouxemos uma síntese dessas mais de 70 decisões para que você fique sabendo. Além disso, também abordaremos outras questões relacionadas ao falecimento de alguém. Continue acompanhando este artigo e descubra mais sobre o assunto.

Um momento de estresse

O falecimento de alguém próximo de nós é considerado um evento de estresse. Nesta ocasião, somos dominados por vários sentimentos. A tristeza, a raiva, a culpa, a saudade… É aqui também que o luto começa a ser vivido em toda a sua essência.

Sendo assim, as pessoas que ficam responsáveis pela organização do funeral e pela tomada de decisões estão com a capacidade cognitiva operando em níveis muito baixos, o que não permite a total racionalização dessas decisões.

Importância da organização prévia

Na contramão do estresse e da surpresa referente a um óbito na família, os planos funerários e contratações antecipadas têm sido boas apostas para as famílias. Neste contexto, as famílias mais preparadas e prevenidas ganham esta vantagem. Na hora do falecimento de um ente querido, já está tudo preparado e decidido.

Não há surpresas, não há grandes responsabilidades, pois já foi tudo acertado de acordo com as necessidades da família. Todos já estão cientes do processo. Desta forma, a família está livre para preparar as homenagens e iniciar a elaboração do luto no tempo certo. Aliás, essa é outra questão que veremos melhor no tópico a seguir.

Interferência no luto

Muitas pessoas reprimem o luto no momento do óbito de um familiar pela necessidade de organizar o funeral e tomar as decisões. Embora seja a única saída que muitas pessoas encontram para enfrentar a situação, não é uma prática saudável.

A função social do velório e dos rituais fúnebres é justamente receber o apoio dos amigos e familiares para iniciar a elaboração do luto e, consequentemente, aceitar a partida daquela pessoa. Sem ser desta forma, a pessoa enlutada acaba vivendo o luto em um tempo diferente, de maneira tardia. Isso é extremamente prejudicial e irá dificultar a superação do luto, lá adiante.

A organização prévia e antecipada é um fator de extrema importância para a estrutura familiar. A seguir, você confere a lista das decisões a serem tomadas frente a um óbito na família. A pesquisa desenvolvida pelo Sincep aponta 72 decisões a serem tomadas, e trouxemos elas aqui para você separada em tópicos.

72 decisões a serem tomadas frente a um óbito

Dar a notícia do falecimento

1 Como avisar os familiares sobre a perda?

Cuidar das burocracias do hospital

2 Quais trâmites devo fazer no hospital?

3 Quais trâmites devo fazer no IML?

4 O falecido era doador de órgãos?

Fazer o certificado de óbito

5 Qual médico para o atestado de óbito?

6 Verificar onde estão os documentos do falecido

7 Definir qual familiar vai ao cartório

Contratar o funeral

8 Qual funerária fará o serviço?

9 Como transladar o ente querido à funerária?

10 Em que tipo de veículo será o translado (carro funerário, ambulância)?

11Qual roupa colocar no falecido?

12 Quem vai vestir o falecido?

13 Que tipo de maquiagem e penteado?

14 Esmaltar as unhas e fazer a barba?

15 O que fazer com as roupas que o falecido usava quando faleceu?

Contratar o velório

16 Fazer tanatopraxia?

17 Terá velório?

18 Onde fazer, qual horário e duração do velório?

19 Qual o tamanho do caixão, material (madeira, metal), cor e tipo de alças?

20 Qual o adorno do caixão?

21 O caixão fica aberto ou fechado no velório?

22 Se for caixão fechado deve ter visor ou não?

23 Que tipo de enfeite (flores) para o caixão?

24 Encomendar coroas de flores, qual tamanho e quais flores?

25 Quais dizeres devem ser impressos na faixa da coroa de flores?

26 Além das coroas deve-se comprar os arranjos da sala de velório?

27 Quais os paramentos para o velório? Velas, bíblia, pomba da paz?

28 Fazer cartões de homenagem (santinhos) para o velório?

29 Quem se encarrega de fazer os santinhos?

30 Qual o texto do Santinho?

31 Qual foto ou imagem para o Santinho?

32 Quais homenagens devem ser realizadas durante o velório?

33 Música ao vivo?

34 Painel interativo?

35 Clipe de fotos?

36 Quais fotos devem ser selecionadas para o velório?

37 Trazer objetos pessoais do falecido para personalizar o velório?

38 Quais comidas e bebidas para o velório?

Pagamentos da funerária

39 Planejar com a família quem será o responsável financeiro pelo serviço da Funerária

40 Qual a forma de pagamento? Parcelado ou a vista?

Avisar parentes e amigos

41 Quem avisa os parentes?

42 Colocar ou não colocar um obituário no jornal?

Destinação do corpo (sepultamento ou cremação)

43 Cremação ou sepultamento?

44 Qual cemitério ou crematório?

45 A família já possui jazigo ou precisa comprar?

46 Qual horário e duração do sepultamento ou cremação?

Pagamentos do cemitério ou crematório

47 Planejar com a família quem será o responsável financeiro pelo serviço do cemitério ou crematório.

48 Qual a forma de pagamento? Parcelado ou a vista?

Cerimônias

49 Quais músicas devem ser selecionadas para a cerimônia de sepultamento ou cremação?

50 Alguém vai dizer algumas palavras?

51 Terá padre ou religioso para a cerimônia?

52 O cerimonialista deve ler algum salmo ou texto? Qual salmo ou texto?

Homenagens no sepultamento

53 O que escrever na lápide? Como será a personalização da lápide?

54 Planejar com a família quem será o responsável financeiro pela contratação da lápide

55 Qual a forma de pagamento? Parcelado ou a vista?

Homenagens na cremação

56 Qual urna para as cinzas?

57 As cinzas serão espargidas ou colocadas em columbário/cinerário?

58Qual cinerário e em que tipo de nicho (pequeno ou grande)?

59 Que objetos serão selecionados para o nicho do cinerário?

60 Que tipo de guarda de cinzas, individual ou familiar?

61 Planejar com a família quem será o responsável financeiro pela contratação do cinerário.

62 Qual a forma de pagamento? Parcelado ou a vista?

Após o funeral

63 Haverá celebração e missa de 7º dia?

64 Qual igreja e local e horário será a missa?

65 Haverá celebração de missa de um mês de falecimento?

66 Qual igreja, horário e local da missa?

67 Haverá missa de um ano de falecimento?

68 Qual igreja/local e horário será a missa?

69 O que fazer com os objetos e roupas do falecido?

70 Quem se encarrega e paga o processo de exumação em caso de necessidade?

71 O que fazer com os restos mortais após a exumação?

72 Quem fica responsável por retirar as cinzas?