A cremação de restos mortais é uma ótima opção para quem deseja guardar as cinzas do ente querido e oferecer um descanso mais digno a ele. Porém existem muitas dúvidas e mitos em relação ao tema. Como funciona? O que fazer com as cinzas após a cremação? O que é uma exumação? Neste artigo vamos lhe explicar com detalhes como ocorre este processo, acompanhe!

Na realidade, a cremação de restos mortais permite que você ofereça ao seu familiar um descanso mais apropriado. Muitas vezes, após um tempo, a escolha que a família fez no momento do óbito não parece mais tão adequada. Então, a cremação de restos mortais chega como uma solução financeiramente acessível e que oferece um valor sentimental à família.

É válido ressaltar que a cremação de restos mortais é ambientalmente mais limpa e higiênica. Além disso, ela só pode ser feita a partir de três anos após o sepultamento. Antes desse prazo, não é possível realizar a exumação, por uma determinação legal.

Para ajudar você na hora desta decisão, separamos 5 motivos pelos quais a cremação de restos mortais é recomendada.

1 – Transferir os restos para um outro local, sem a necessidade de documentações

Para transladar restos mortais, é necessário uma documentação específica, que precisa indicar de onde aquele resto mortal vem e para onde ele vai. Esse pode ser um processo bastante burocrático, para quem deseja realizá-lo. Fazendo a cremação desses restos mortais, você é capaz de transportar as cinzas resultantes da cremação de uma maneira mais fácil, sem muitos transtornos, já que o transporte de cinzas não requer documentações.

2 – Otimizar o espaço do jazigo da família e fazer renovações nas sepulturas

Com a cremação dos restos mortais, a família pode realizar reformas e renovações com mais facilidade nos jazigos familiares. Além disso, as cinzas ocupam muito menos espaço que as ossadas, liberando espaço para que ocorram novos sepultamentos neste local.

3 – Acondicionar as cinzas em uma urna bonita, pingente ou relicário, que honre as memórias do ente querido

Sem dúvidas, a possibilidade de acolher as cinzas do familiar em uma urna bonita é uma das principais razões pela busca da cremação de restos mortais. Escolher uma urna, pingente ou relicário que represente e homenageie o ente querido é algo muito satisfatório e que proporciona uma sensação de dever cumprido.

4 – Dar um destino significativo às cinzas

Você pode, por exemplo, espalhar essas cinzas na natureza, como campos, rios, lagos ou mares, como uma forma de homenagear quem partiu. Ou, ainda, é possível dar vida a uma árvore a partir das cinzas da cremação. Há uma gama de homenagens que você pode fazer a partir do destino que você dá as cinzas de alguém especial.

5 – Fazer a guarda das cinzas apropriado e personalizável

No Memorial Vera Cruz, os locais conhecidos como “cinerários” têm se destacado entre as alternativas mais buscadas pelas famílias. Esses espaços 100% personalizáveis tornam-se únicos pelas diferentes formas de traduzir a personalidade do ente querido em objetos e fotos significativas. A família pode preencher esse espaço como preferir, com flores, itens de decoração, porta-retratos e outras coisas que eram importantes para o ente querido.

O que é uma exumação?

Vimos logo acima que, para realizar a cremação de restos mortais, é necessário realizar também a exumação desses restos mortais. Você deve ter se perguntado, afinal de contas, o que é isso, não é mesmo? A exumação de um corpo é o processo de abertura da urna funerária para que sejam removidos os restos mortais. A finalidade é condicionar em urnas menores para obter outro destino e ganhar mais espaço dentro da sepultura.

Para que a exumação do corpo seja realizada, um familiar de primeiro grau deverá ser informado do procedimento antes que ele aconteça.

O artigo 211 do Código Penal prevê crime de violação de sepultura caso ocorra uma exumação sem conhecimento da família. Por isso é necessário algum familiar estar presente no ato da exumação.

Para conseguir realizar o procedimento, é preciso apresentar uma autorização junto à secretaria reguladora do município. O período, como citamos acima, é de no mínimo três anos para exumar, e só recebe exceções em casos especiais.

Pode ser constatado, após a sepultura aberta, que o corpo ainda não apresenta as condições para ser exumado. Nesses casos o lóculo é selado novamente, ou a família pode escolher por cremar os restos.

As cinzas podem ser transformadas em boas lembranças

Vimos acima uma série de fatos pelos quais a cremação dos restos mortais é recomendada. O principal deles é esse: transformar as cinzas em lembranças boas. Muitas vezes as famílias não têm condições de decidir qual destino darão ao corpo do ente querido, e acabam tomando, assim, decisões não tão acertadas. Se você tem o desejo de oferecer um descanso digno, tranquilo e que honre as memórias de seus entes queridos, estamos disponíveis para lhe ajudar! Clique aqui e converse conosco no WhatsApp.