A cremação é uma alternativa que permite um maior número de possibilidades de memorialização do ente querido. Não só por preferência da família, mas, também, por desejo da própria pessoa falecida. Alguns preferem que as cinzas sejam dispersadas em algum lugar significativo, por interpretarem que a cremação representa liberdade. Enquanto isso, outros querem guarda-las de maneiras especiais, para que os amigos e familiares ainda tenham um ponto de referência onde prestar homenagens e fazer visitas em datas especiais. Uma dessas maneiras é realizando a guarda em cinerários, também chamados de “columbários” em alguns locais do país

Você ou alguém de sua família deseja ser cremado? Se sim, acompanhe este conteúdo! Nele, iremos explicar todos os detalhes sobre o que são e como funcionam os cinerários.

Entendendo os cinerários

Os cinerários são espaços, dentro de cemitérios, especificamente destinados à guarda das cinzas resultantes da cremação. Eles têm uma estética completamente diferenciada dos tradicionais lóculos para sepultamento. No Memorial Vera Cruz, com aparência de pequenas vitrines, eles chamam atenção pela serenidade que trazem aos visitantes, que visualizam bonitas urnas, fotografias e objetos pessoais de quem está sepultado ali.

Estes espaços, no Memorial, geralmente medem 30cm de largura, 64cm de altura e têm 58cm de profundidade. Neles, os familiares podem colocar, além das cinzas, a decoração que preferirem, o que inclui: porta-retratos, objetos pessoais, placas de identificação, flores, objetos religiosos, etc. Essa característica fica a critério da família da pessoa falecida, de acordo com as crenças e valores que cultivam.

É obrigatório fazer a guarda de cinzas no cinerário?

Não. Você pode dar uma série de diferentes destinos às cinzas da cremação. No entanto, algumas famílias, por tradição ou por crenças, optam por ter um lugar especial em um cemitério.

Além disso, algumas pessoas, por superstição ou por questões religiosas, desaprovam que as cinzas fiquem em casa, sejam divididas ou que sejam aspergidas. Os cinerários existem para atender aos desejos de quem prefere ter um espaço reservado em um cemitério para isso.

Quantas cinzas um cinerário é capaz de guardar?

O cinerário é algo bastante dinâmico e acomoda as cinzas de várias pessoas, desde que o espaço fique visualmente organizado. Por isso, apresentamos a você algumas alternativas sobre como aproveitar melhor o espaço do cinerário, fazendo dele um local significativo para a sua família. Siga a leitura!

Escolha da urna

Escolher a urna cinerária para o seu ente querido pode ser um desafio. Ao mesmo tempo em que você irá querer optar pela mais bonita e majestosa que estiver disponível, é importante atentar-se à matéria-prima da urna e ao espaço que ela irá ocupar dentro do cinerário. Urnas fabricadas a partir de materiais como bronze, cobre, alumínio e madeira maciça terão maior durabilidade e, por isso, são as mais indicadas, caso você queira guardar as cinzas por um longo período — seja em casa ou no cinerário.

Assim, você pode escolher uma urna que seja bonita, de um material durável e que não vá ocupar tanto espaço assim.

Divisão das cinzas

Dependendo da crença da sua família e do desejo da pessoa falecida, é possível fazer a divisão das cinzas e escolher uma urna que comporte apenas parte da totalidade. Isso permite tanto que você dê outros destinos às cinzas, quanto que você otimize o espaço dentro do cinerário, fazendo dele como se fosse um jazigo familiar.

Ao dividir as cinzas, você pode guardar uma parte no cinerário e, com o restante você pode:

  • Distribuir em partes iguais para os vários membros de sua família;
  • Usar as cinzas para fazer o plantio de uma árvore, folhagem ou flor;
  • Guardar as cinzas em pingentes de pulseiras e colares;
  • Fazer das cinzas um diamante;
  • Sepultar as cinzas em algum outro lugar que seja significativo para as tradições familiares;
  • Aspergir as cinzas junto à natureza, como em um rio, mar, gruta, etc;

Quanto custa um cinerário?

O preço total que você irá pagar pelo cinerário depende de fatores como a modalidade de contratação e a localização. Os espaços melhor localizados costumam ter um preço um pouco mais elevado. Assim como os espaços adquiridos sem anuidade também são um pouco mais caros, visto que são isentos da taxa anual para manutenção.

Independente disso, o importante é pesquisar os preços e as condições da contratação dos serviços de forma antecipada. A prevenção elimina problemas desnecessários, além de proporcionar um planejamento financeiro mais efetivo para a sua família.

Agora que você já sabe bastante sobre os cinerários, pode também aproveitar e saber um pouco mais sobre como ocorre a autorização para cremação. Além disso, no site do Memorial Vera Cruz você pode conferir outras informações sobre os cinerários, basta acessar este link!